terça-feira, 28 de setembro de 2010

VERITAS





A história da Veritas iniciou-se logo após o fim da Segunda Guerra Mundial quando 3 pessoas, Ernst Loof,engenheiro da BMW, Werner Miethe, um ex campeão de ciclismo e o empreendedor Lorenz Dietrich resolveram iniciar as atividades de construção de um carro esportivo de alto nível. A primeira sede da empresa se localizava em Hausen am Andelsbach, em Baden-Würtemberg porém as dificuldades pela ocupação americana obrigaram com que se mudassem para Mebkirch (meu teclado não tem a letrinha alemã, rsrs).Inicialmente em 1947 a produção se concentrava em carros baseados na mecanica BMW 328, sendo que o primeiro produzido foi vencedor de uma corrida em Hockenheim pilotado por Karl Kling. O fato de apresentarem o carro como BMW-Veritas provocou protesto do fabricante de motores e aí passaram a designá-los simplesmente Veritas. Em 1949 foi lançado o Veritas RS, esportivo com motor 328 de 125 Cv (algumas unidades tinham motores de 135 Cv), neste mesmo ano também foi lançado o Veritas Komet porém com motor 2 litros marca Heinkel. A empresa em 1949 mudou-se desta vez para Muggensturm onde detinham uma carteira de 200 pedidos do Veritas RS, porém uma desastrada gestão financeira levou ao encerramento da produção dos veículos em série. Em 1950 a empresa já sob o comando unico de Ernst Loof muda-se para Nürburgring, onde passa a construir com pouco sucesso carros para o iniciante campeonato de fórmula Um, então inicia-se um novo ciclo na empresa com a produção de peças para a francesa Panhard.

4 comentários:

Ron Groo disse...

Muito bonitos estes carros...

Anônimo disse...

não conhecia. gostei do terceiro que lembra um jaguar.

Buonnano

roberto zullino disse...

bmw de pobre feito por alemães luso-visigodos.

Fluzão Eterno disse...

Criei um blog sobre meu time de coração que é Fluminense e gostaria de perguntar
se você poderia me ajudar fazendo uma parceria de link comigo,desde já muito
obrigado e parabéns pelo seu blog:
http://fluzaoeterno.blogspot.com/

Fluzão Eterno