terça-feira, 17 de julho de 2012

CORVAIR














Coloquei aí basicamente as fotos dos produtos da linha Corvair lançada em 1960 e finalizada em 1969, motores 6 cilindros, 2.300 cc 80cv e turbo com 157 cv  refrigerados a ar, carro extremamente combatido por Ralph Nader no seu famoso livro "Unsafe at any speed".....contem aí o que sabem da história deste bonito automóvel....

17 comentários:

regi nat rock disse...

lembro da polemica vagamente. o carro era uma espiriteira que pegava fogo com facilidade, pois a refrigeração a ar era insuficiente. Acho que a aparencia, seguia +/- o padrão da época; bonitinho mas ordinário. O Nader batia sem dó. mas todo o prestígio que acumulou como "paladino" da segurança, foi pelo ralo com denuncias de favorecimento a outras montadoras. lá, como cá, vale a versão , nunca o fato.
bom dia (menos frio) para nós todos.

Francisco J.Pellegrino disse...

Regi, hj um dia de verão sueco por aqui...tá bom demais !

regi nat rock disse...

e em Malta, 40Cº a filhota tá derretendo.

Rui Amaral Jr disse...

Ralf foi um safado, que usou alguns problemas que não só o Corvair, mas alguns outros carros da época tinham, para alavancar sua carreira na politica. Ficou a má fama do carro, principalmente pelo livro, declarações e entrevistas desse mau caráter!
Hoje já se sabe, acho que ele mesmo confessou que não era tudo isso.
Mas alguma justiça existe , e ele nunca conseguiu alcançar nenhum cargo importante pelo voto.
Gosto do carro...

Luís Augusto disse...

Estou com o Rui, o Nader era um picaretão. Mas seu livro seria apenas mais um na prateleira se não fosse a trapalhada da GM em mandar investigar sua vida para desmoralizar suas denúncias. A história veio à tona e o Corvair, um carro excelente, até onde sei, pagou o pato. Os modelos finais são de muito bom-gosto.

M disse...

Os primeiros são meio feiosos, mas o Corvair Monza foi o mais bonito carro americano de 1966 !
E esse Ralph Nader era um mala...

Ron Groo disse...

São bacanas... Esta marca não existe mais né? Foi comprada por alguma montadora gigante?

Rui Amaral Jr disse...

É Luíz, era ou ainda é, pois acho que continua por aí!
E M, por acaso saiu alguma versão com motor de 8 cilindros?Diz aí menino!!!
E Ron, o carro era da GM!

Abraços

M disse...

Oi Rui !
Não ! Só os flat 6, 2.3 e 2.7 !
Os 2.7 turbo com 180 hp.
Na época, a Crown desenvolveu um kit 3.0 e cabeçotes de tripla entrada, para usar os Webers dos Porsche, com respeitáveis 250 hp.
O Henry Strasser e o Zeca Giaffone tinham 2 demônios destes, montados em um KG e um Fusca pé-de-boi.
Abraços !

Rui Amaral Jr disse...

Lembro dos carros do Zeca, sempre pensei que fossem do Afonsinho...batiam a bunda no chão quando arrancavam, principalmente o KG...

Abraços

Migdonio disse...

tem um cara aqui em Curitiba que colocou esse motor de Corvair num Puma.

Paulo Levi disse...

O Corvair da primeira geração foi um dos automóveis americanos mais influentes em matéria de design. Basta olhar para carros europeus como o NSU 1000 e o Hillman Imp para se dar conta disso. Só que o seu estilo não fez escola nos EUA. É um caso parecido com o do Jerry Lewis, que fazia mais sucesso na França do que eu seu próprio país.

E sim, a estabilidade do Corvair deixava muito a desejar. Nada que a GM não pudesse ter remediado com uma barra estabilizadora, mas preferiu não fazê-lo por uma questão de custo. E também, quem sabe, para não dar o braço a torcer na sua pendência judicial com o Nader.

Anônimo disse...

Um amigo me mandou algumas fotos
do fusca do Strasser.
Nao era so motor, o carro era
todo muito bem feito.
Sonho com o carro ate hoje.
Mas em Santo Andre, na epoca,
tinha um KG tambem com motor
Corvair.

Ricardo Ventura.

Francisco J.Pellegrino disse...

Ricardo Ventura, por gentileza poste as fotos do KG Corvair, ou nos mande que faremos uma postagem.
Abraços (jacarepai@ig.com.br)

Henri Strasser disse...

O meu Corvair foi instalado inicialmente num Fusca 64 com um diferencial super longo (o motor não gostava de rotações altas) desenvolvido pela Envemo na versão de 80 HP (com 2 carburadores Rochester), depois instalei num Puma VW 67 só que a versão com 4 carburadores (115 HP) e o diferencial da Kombi. Até à quarta marcha dava pau em Porsche, mas qdo eles engatavam quinta iam embora e eu ficava chupando dedo....

Francisco J.Pellegrino disse...

Henri, um prazer tê-lo aqui conosco...Zullino fala muito de vc. Agradeço pelas fotos e vamos nos divertir juntos no post que faremos.

M disse...

Que mundo pequeno !
Viva a internet !