domingo, 24 de fevereiro de 2013

RIP M

Nosso querido amigo M se foi, lutou bravamente, mas foi vencido pela doença, a sua ausência será por demais sentida, seus comentários habituais com acidez, sua lucidez quanto ao assunto "automóveis", seu conhecimento das manhas das pistas, das pessoas, do mundo dos anos 60/70/80, dos apelidos nos amigos, das pizzadas, do mau humor constante mas que todos entendíamos como sendo sua "marca registrada", do conhecimento dos carros europeus, do gosto pelos Porsches, das histórias fantásticas.. R.I.P. meu querido Malfeitor amigo a quem tive a honra de conviver Do seu amigo Maloqueiro e de toda a familia.

15 comentários:

Adalberto Camargo disse...

Troquei alguns emails com ele. Não éramos amigos pessoais. Mas impressionava o seu conhecimento e sempre solícito quando eu pedia alguma informação.
Meus sentimentos aos familiares e amigos. Realmente uma grande perda.

Rui Amaral Jr disse...

R.I.P ao Malfeitor e ao amigo de tantos anos, não pude revê-lo mas sempre conversávamos via Skype por horas. Vai fazer falta.
Chico e amigos, sem eletricidade pela manhã, um amigo me ligou ao meio dia para contar, não vou à cremação, mas daqui estarei com todos.

Migdonio disse...

Bah! Não acredito...

Irapuã Pereira disse...

Que triste notícia.
Não conheci pessoalmente o M, mas o considerava um grande amigo.
Figura crítica e animada, sabia colocar suas idéias de modo firme e irreverente. Sentiremos sua falta.
À família e aos amigos mais chegados -muitos deles frequentadores deste espaço- os sentimentos sinceros.

Descanse em Paz.

Paulo Levi disse...

Eu sempre esperava ansiosamente para ler os comentários do M, que eram invariavelmente ótimos. Sua ausência será muito sentida por aqui. Meus sentimentos à família e a todos os que tiveram o privilégio de conhecê-lo pessoalmente.

Nik disse...

Foi-se um pouco do Sal da terra. Fará falta. Muita falta.

Mauricio Morais disse...

Puta merda...que triste perda!!!

regi nat rock disse...

Amigos: virtuais ou não.
Tive o privilégio de conviver com ele por uns 6 anos. Assim como Vc. Rui, varei incontáveis madrugadas via skype onde falávamos de tudo e, ironicamente, pouco de automóveis. Era meu AMIGO!. com 65 anos de vida e incontáveis despedidas, nunca; NUNCA, pranteei um amigo, com a dor que senti hoje a ponto de me recusar a dirigir para voltar para minha casa. Minha mulher foi - hoje - meu esteio. Obrigado Chicão por ter ido. Desculpe ter conhecido D. Maria num dia triste. Um abraço especial a voces. Sigamos. Fica a memória de nossos encontros. R.I.P Amigão. Um dia estaremos juntos. Em nome da família recebo com gratidão seus cumprimentos. Abraço a todos.

MMozart disse...

Com certeza fará muita falta! Descanse em paz...

Belair disse...

...

roberto zullino disse...

estou passado, o fdp me pregou uma peça ao morrer sem permissão. na semana passada nos falamos e ele estava todo pilhado, me pediu para ir no Recanto São Camilo e ver se ele poderia ficar lá, assim de tarde ele podia vir na minha casa que fica bem perto. Nada me daria mais prazer. Expliquei o que ele tinha e aceitaram na boa. Fizemos o plano e ficamos esperando a alta, ele estava animadíssimo e combinamos de eu ir buscá-lo se ele estivesse bem ou uma ambulância se fosse o caso. no meio do caminho o Regi me liga e informa que ele tinha sido operado às pressas e que o prognóstico era ruim. Foi uma ducha de água fria, nosso plano acabou e programei depois de falar no sábado com o Barba e a Jackie de ir no domingo tirar a limpo, mas não deu, o Regi me liga de noite e avisa da morte. O Malfeitor vai me fazer muita falta, 90% do tempo nos chamávamos de burro um ao outro, mas jamais nos levávamos a sério, tudo era uma grande brincadeira de dois amigos. Sinceramente, a morte dele me abalou muito e não quero falar mais nada.

Rui Amaral Jr disse...

Regi, Zulino, em um dos nossos últimos pate papo, ele me contou da internação e dos amigos que o ajudaram, conversamos muito e até falamos bem do Zuzu. DEpois conversamos mais uma vez, na semana que passou tinha uma chamada dele no Skype, mas eu não estava.
Ao falar dos amigos que o ajudaram na internação, e que não vou citar, ficou claramente emocionado e disse "veja que malucos!".
É isso´aí, vai fazer falta...

Luís Augusto disse...

Acabo de saber dessa triste notícia. Uma figuraça que conheci pela internet, mas com que tive o prazer de dividir um almoço no Pandoro no já distante ano de 2009. Frequentemente nos falávamos por telefone sobre tudo e devo a ele muito do gosto que passei a nutrir por carros esportivos. Uma pena mesmo a sua partida. Abraço a todos que puderam desfrutar de sua companhia.

Ron Groo disse...

fiquei triste.
Nunca convivi com ele e as poucas palavras que trocamos foram por intermédio deste espaço, mas sentia nele uma força incrivel e via o seu "mau humor" como uma forma de destilar bom humor real.
Nunca achei que fosse sério.

Que esteja agora num lugar bem melhor.

Tohmé disse...

O Malfeitor se foi. Ficam as boas lembranças.